Você compra muito? Que tal tentar uma rotina mais minimalista?

Você compra muito? Que tal tentar uma rotina mais minimalista?

Desde crianças  somos bombardeados pela ideia de o sucesso se mede (pelo menos em parte) pelo nosso poder aquisitivo. Quanto mais coisas podemos comprar, e quanto mais caras elas forem, maior o nosso status e  a prova da nossa realização profissional. 

E com isso, as pessoas vivem atrás de validar sua vida bem sucedida na imagem de consumo que projetam.  É uma luta diária para muita gente. No entanto, um novo movimento tem sugerido que é possível seguir um caminho diferente, um estilo de vida em que os supérfluos são totalmente deixados de lado. O foco aqui é: menos é mais. Eis o estilo de vida minimalista.

Pergunte a si mesmo: o que é essencial? O que é realmente necessário? Preciso mesmo de uma geladeira e uma dispensa repletas de itens que várias vezes passam do tempo de validade antes de eu poder  consumi-los? Esse tudo nesse guarda-roupas abarrotado me faria falta ? Eu seria mais infeliz não pudesse comprar tanto e acumular tanta coisa?

 

Sobretudo, reflita se ter tudo que está ao seu alcance realmente acrescenta valor à sua vida. São essas questões simples, mas profundas, que servem de base para o documentário “Minimalismo Já”, da Netflix, que estreou no início deste ano.

No filme, que vale como um guia de apresentação da filosofia minimalista, está a mensagem poderosa de que é possível viver melhor com menos. E tal movimento, veja só, já conta com mais de 20 milhões de seguidores em todo o mundo.

Por que não tentar o minimalismo?

Podemos dizer que neste século estamos em busca de uma vida com mais significado. Assim, muitas vezes, isso no leva a ver entender que esse significado não virá da compra de produtos, do acúmulo, do desperdício. 

Há muitos os exemplos fora da curva; histórias de pessoas que fizeram mudanças radicais, e “largaram tudo” (literalmente) para viver somente com o essencial. Mas não é preciso chegar a extremos para ser minimalista.

É possível escolher um caminho mais leve para atingir o mesmo objetivo e adaptar aos poucos a sua rotina ao minimalismo. Quer testar 6 dicas para ver como isso funcionaria pra você? Tente imaginar como seria  sua vida caso seguisse a lista abaixo:

Tenha em mente o que você quer

Qual seria o seu objetivo ao adotar uma vida minimalista? Seria aceitável ter uma casa com apenas com o mínimo? Ou abrir mão do que é considerado ‘tranqueiras’? Sabe aquele quartinho onde está tudo que todos os moradores já não usam mais? Não é o caso de esvaziar a sua casa, mas de dar significado para cada coisa que está ao seu redor. Com isso garantido, pode partir para o próximo passo!

Hora de arrumar a bagunça 

Muito bem, agora é o momento de, de fato, livrar os arredores e esvaziar parte da vista. Pode ser difícil se você tem um apego grande aos  itens que guardou, por isso, comece devagar e lembre sempre da meta.

No final, doe ou ponha na reciclagem  tudo o que você tem certeza absoluta que não vai usar. Portanto, vale apontar que é válido guardar por um tempo aquilo sobre o que você ainda tem dúvidas…

Ser minimalista não significa que você precise viver só com uma cama e um guarda roupas. Você mesmo é que quem define o que é importante e útil. É você quem determina o que o minimalismo representa para você.

vida minimalista - 3

Minimalismo financeiro

Ser uma pessoa minimalista também não é sinônimo de ser muquirana. Nem quer dizer que você deve economizar os centavos todos os dias. A maior parte das pessoas que levam esse estilo não estão tentando se privar de tudo a todo custo. Pelo contrário, o minimalismo prega que você deve fazer escolhas inteligentes para o seu tempo e dinheiro. Com isso em mente, é mais fácil entender a aplicação do minimalismo.

No seu armário, por exemplo, em vez de você ter uma dezena de blusas básicas, baratas, pouco duráveis, você terá algumas peças de cores diferentes de melhor qualidade e que sejam “mais coringas”, com combinações diversas.

Pensar na estética pode ajudar 

Por um momento, imagine um lugar vazio, com cores sóbreas como o branco, o cinza, beige ou o preto. Pense em objetos feitos com materiais naturais, como a madeira,  metais e couro. Se esses artigos lhe parecem mais agradáveis do que itens feitos de plástico, com adornos, excessos, você estaria trocando mais por menos, mas também menos por mais… entende?

O minimalismo, querendo ou não, tenta também se orientar pelo design e pela estética leve. Você já deve ter ouvido que algum aplicativo tem o “design minimalista”. Nesse sentido, imagine que se opta por essa forma para que o app seja mais funcional e direto. Então, por que não faria sentido aplicar no visual do que está ao entorno?

Assim, a dica aqui é também escolher deixar a estética dos ambientes menos carregadas. E, para os que gostam de moda, optar por roupas mais básicas, que não carreguem marcas e logos de empresas.

 

Repita o mantra ‘eu preciso mesmo disso?’, em todos os momentos

Antes de comprar o mais novo smartphone, mais um tênis que precisará de espaço para ser guardado, um item de decoração… Pode parecer óbvio, mas tenha certeza que isso é algo que precisa antes de comprar, caso contrário, é capaz de mais uma gaveta comece a ficar cheia de coisas inúteis, ou mais uma caixa de produtos vá para o fundo do armário. 

vida minimalista - 4

Gastos em itens desnecessários 

É fácil entender: se você analisar suas finanças com mais cuidado, provavelmente terá ali muitas contas desnecessárias, gastos altos com coisas que você nem sequer lembra o que são, e até mesmo dívidas feitas para conseguir manter esse padrão de vida.

Viver um estilo de vida minimalista é ir justamente contra todos esses excessos. E, por incrível que pareça, é procurar manter uma vida simples, sem exageros com bens materiais e sem precisar ficar preso a um mesmo lugar, devido às obrigações que você tem de cumprir e pagar.

vida minimalista - 5

Está ai, na sua frente, a chance de aliviar um pouco o ideário consumista e tentar diariamente diminuir os anseios por uma vida cheia de coisas vazias. Por fim, não deixei de pensar em pelo menos uma das dicas durante a sua semana.

Para acompanhar outras dicas de equilíbrio e bem estar, siga a Koobi no Facebook e Instagram. Para comprar a Koobi pelo delivery, acesse o site e peça pela loja online.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.