A importância de desenvolver as chamadas soft skills

A importância de desenvolver as chamadas soft skills

Eis um termo que talvez você não conheça: Soft skills (habilidades leves, ou suaves, em português). No geral, são as competências comportamentais ou as qualidades pessoais que ajudam você a ser bem-sucedido nas suas relações sociais. No entanto, o foco neste texto serão como elas são úteis na sua vida profissional. Ou seja, como garantir boas relações com os chefes e colegas, e como evoluir na sua carreira.

As soft skills profissionais não têm nada a ver com a formação acadêmica e as competências técnicas da sua área de atuação. Elas estão relacionadas à sua capacidade de entender, reagir bem e de forma emocionalmente adequada com as outras pessoas no seu local de trabalho. Elas também incluem a capacidade que você tem de trabalhar sob pressão, de se adaptar a novas (e complexas) situações e de reagir bem a imprevistos e dificuldades.

soft skills no mercado de trabalho - 2

Você não aprende isso na escola, nem na faculdade. Algumas pessoas têm a sorte de desenvolver essas aptidões espontaneamente. Mas você pode desenvolver essas habilidades mesmo se não é um líder nato, nem se sente muito confiante hoje.

E é bastante recomendável adquirir, treinar e dominar essas competências, porque cada vez mais elas são indispensáveis num mercado competitivo.

Imprescindíveis na pandemia

Considere ainda que a quarentena imposta pelo surto do coronavírus alterou também o modo de trabalhar das pessoas. Agora, muitas trabalham de casa, se reúnem virtualmente e têm menos oportunidades de interação pessoal com os colegas de profissão.

Uma pesquisa da empresa americana de recrutamentos Robert Half mostra que adaptabilidade é a competência mais valorizada hoje por causa da pandemia, seguida por resiliência e flexibilidade — todas essas  são soft skills.

Soft skills no mercado de trabalho - 3

Mas o que são exatamente as soft skills?

Diferentemente do que se aprende, por exemplo, em uma graduação em Direito, ou em um curso de inglês, as habilidades leves se escondem dentro do que podemos chamar de “trato humano”. 

Por isso, muitos empregadores consideram que é mais difícil treinar uma pessoa em uma competência emocional do que ensiná-la a parte técnica do trabalho. Em um resumo livre: dificilmente um estágio ou um programa de trainee ensinará as soft skills que vão ajudar a carreira dos participantes. Mas nesse período, aqueles que demonstram tê-las já estão bem  à frente dos outros.

Logo,  muitas vezes o contratante pode dar preferência a candidatos que tenham boa capacidade de se relacionar e reagir bem em situações menos confortáveis, em detrimento daqueles que têm um currículo mais impressionante. A regra também vale na hora de uma promoção.

Soft skills no mercado de trabalho - 4

Como entender suas habilidades emocionais

Como as soft skills não são técnicas, elas dificilmente serão aprendidas apenas em sala de aula. Para desenvolvê-las, foque em se conhecer bem. Avalie quais são seus pontos fortes e também os pontos fracos, e principalmente, onde o seu comportamento pode interferir de forma negativa nas suas relações de trabalho.

Se isso parece difícil, um profissional de psicologia pode ajudar você a  apreciar melhor quais são as lacunas e os pontos fracos do seu comportamento que podem prejudicar suas relações, e onde você pode melhorar.

Uma dica: o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece atendimento psicológico de forma gratuita nos chamados CAPS (Centro de Atenção Psicossocial). Estes centros são compostos não apenas por psicólogos, mas também por psiquiatras e terapeutas.

Também, busque autoconhecimento para identificar quais soft skills você tem. Pergunte-se: você em geral se relaciona bem com as pessoas? Sabe como apresentar suas ideias, opiniões e mesmo as suas necessidades para os outros? As pessoas ouvem quando você fala?  E você, sabe ouvir os outros?

Apenas para ter um parâmetro, e se você se  sentir à vontade e tiver confiança em seus amigos e colegas, você pode perguntar que qualidades sociais suas eles destacariam.

Em geral, nessas conversas, aqueles pontos que são menos favoráveis também vão aparecer… E isso já é um bom começo para trabalhar neles!

Afinal, uma certa humildade e a capacidade de receber críticas positivas sem se sentir agredido, mas como um indicador para o auto-aprimoramento, são dois exemplos de soft skills importantes.

Soft skills no mercado de trabalho - 5

Auto-aperfeiçoamento é um processo contínuo… 

Participe de treinamentos. Se a sua empresa oferecer programas de formação em alguma competência emocional, ela está sinalizando que essa competência é importante para o seu ambiente profissional.

Portanto, participe sempre que possível. Os mais eficientes em geral são aqueles que proporcionam  dinâmicas de grupo e  testes situacionais.

 

Soft skills no mercado de trabalho - 6Busque referências e siga exemplos

No seu trabalho – ou mesmo fora dele – procure pessoas que sejam muito boas nas soft skills que você quer desenvolver. Um líder carismático, alguém que se dá bem com todo mundo, aquela pessoa que tem sempre algo positivo (e sensato) para dizer mesmo nos momentos mais complicados. Observe como elas fazem e aprenda com o comportamento delas.

Algumas soft skills que vão ajudar muito na sua carreira profissional:

soft skills no mercado de trabalho - 7

Comunicação

Esta é uma das habilidades sociais mais importantes. A boa comunicação engloba tanto a capacidade de se expressar bem quanto a de ouvir o que as pessoas dizem. É importante não somente comunicar suas próprias ideias, mas também ouvir e entender os outros com atenção e respeito.

Comunicadores hábeis podem ajustar seu tom e estilo de acordo com seu público, compreender e agir com eficiência de acordo com as instruções e explicar questões complexas para colegas e clientes.

Da mesma fora, esteja você lidando com uma reclamação de um cliente ou trabalhando com seus colegas, uma boa capacidade de escuta o ajudará a aprender e responder corretamente às circunstâncias apresentadas.

Habilidades verbais são essenciais para promover relacionamentos colaborativos e respeitosos e, em última análise, produtivos. Isso também se aplica à sua comunicação por escrito. Escrever corretamente, de maneira clara, lógica e precisa, e ao mesmo tempo agradável e sucinta, só pode contribuir para a sua boa imagem profissional.  Lembre-se: a qualidade dos textos é tão importante quanto a mensagem.

Pensamento crítico

Não importa qual seja o emprego, serão mais bem sucedidos aqueles que possam analisar uma situação e tomar a melhor decisão. Assim, em qualquer trabalho você precisa entender problemas, pensar criticamente e propor soluções.

Atitude positiva

Ter uma atitude positiva e a iniciativa de trabalhar bem co autonomia  é uma habilidade vital para qualquer profissional.

Isso não apenas demonstra confiabilidade e comprometimento, mas também mostra que você pode se encaixar com eficiência em uma estrutura organizacional sem a necessidade de supervisão constante.

Para demonstrar sua motivação, pense sobre estas habilidades-chave:

  • Positividade
  • Ambição (comedida!)
  • Comprometimento
  • Iniciativa

soft skills no mercado de trabalho - 8

Capacidade de resolver problemas

Existem muitas definições de solução de problemas mas, basicamente, essa competência se concentra na capacidade de avaliar com precisão uma situação e chegar a uma solução positiva, da maneira mais sensata e com o menor prejuízo.

Isso quer dizer que não só o pânico, o pessimismo e conflito estão fora de questão nesses momentos, como também a indiferença, a passividade e a transferência de responsabilidade. Empresas querem colaboradores engajados, comprometidos e pró-ativos.

Quando ocorrem problemas, espera-se que os funcionários usem sua iniciativa, e mesmo a criatividade,  e desenvolvam soluções adequadas para evitar que a situação se transforme em algo mais sério.

soft skills no mercado de trabalho - 9

Capacidade de tomar decisões rápidas e eficazes

Isso não significa imprudência ou impulsividade. A determinação combina várias habilidades diferentes, como as capacidades de:

  • Colocar as coisas em perspectiva
  • Avaliar todas as informações relevantes
  • Pesar as opções
  • Antecipar quaisquer consequências, boas e más

Um profissional com essas competências tomará medidas eficazes e ponderadas rapidamente, especialmente quando estiver sob pressão.

Além disso, ele também assume a responsabilidade pelas consequências de suas decisões, e pode se adaptar quando erros forem cometidos. Isso garante que não se perderão oportunidades por análises ou debates demorados.

soft skills no mercado de trabalho - 10

Capacidade de assumir responsabilidades

Responsabilidade é uma soft skill sobre a qual não se fala muito, mas que acaba sendo uma das mais valorizadas. Profissionais que deixam de assumir a responsabilidade por seu trabalho e suas atitudes serão menos produtivos e menos bem-sucedidos no geral.

Uma pessoa que domina essa habilidade é alguém que transmite:

  • Confiabilidade
  • Disciplina
  • Motivação
  • Conscienciosidade
  • Integridade

Em outras palavras, isso quer dizer que você leva as coisas a sério; se empenha em proporcionar melhorias; usa o seu melhor julgamento para tomar decisões, e age de maneira conscenciosa, levando em consideração os impactos e as consequências.

Principalmente, você responde por suas ações, inclusive suas falhas e enganos. Sem ficar dando justificativas e sem tentar apontar outros culpados.

Significa, finalmente, que as pessoas podem contar com você não só para fazer bem o seu trabalho, mas para contribuir para o sucesso da empresa como um todo.

soft skills no mercado de trabalho - 11

Capacidade de trabalhar bem em equipe 

Esse é um dos talentos que mais se destacam na vida profissional. Quer você esteja fazendo projetos colaborativos ou simplesmente participando de uma troca de ideias, você precisa ser capaz de trabalhar de forma produtiva com as pessoas ao seu redor.

Trabalhar em equipe com um objetivo comum requer intuição e perspicácia interpessoal para saber quando ser um líder e quando ser um ouvinte.

Nesse sentido, algumas competências relacionadas ao trabalho em equipe incluem a capacidade de negociar com os outros e reconhecer e apreciar a diversidade de opiniões e de estilos, respeitando a velocidade e os limites de cada um dos envolvidos.

Bons jogadores de equipe são perceptivos e receptivos às necessidades e responsabilidades dos outros. Também sabem pedir ajuda quando precisam, e não sentem diminuídos por isso. Porque afinal, numa boa equipe, a troca e a colaboração são a essência do negócio.

Outra competência relacionada é a capacidade de aceitar e dar feedback. Ser capaz de expor com clareza – e respeito – por que acha que alguma coisa não funciona bem e como você acredita que funcionaria melhor. Isso é tão importante quanto reconhecer o bom trabalho dos outros e dar o crédito a quem merece! 

soft skills no mercado de trabalho - 12

Ética 

Por fim,  essa é na verdade mais do que uma habilidade, é um código de conduta pessoal que ajuda a manter suas ações acima de qualquer reprovação. Sempre pese suas ações em relação aos seus princípios pessoais e aos da empresa, então mantenha-se no padrão mais elevado – vá além do mínimo exigido de você. 

Ao ingressar no mercado de trabalho você irá perceber uma infinidade de outras habilidades que serão necessárias para avançar na carreira. No entanto, aprender é uma habilidade inerente ao ser humano e, se for de sua vontade, é possível evoluir sempre. Você vai chegar lá!

Para mais dicas de produtividade para sua vida pessoal e carreira profissional, fique ligado no Facebook e Instagram  da Koobi.

Acesse nosso site para saber mais sobre tudo que só a Koobi tem.

E peça Koobi Kombucha na nossa loja online, em versões individuais ou packs.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.