Plantar uma árvore, bom para a alma e para o planeta

Plantar uma árvore, bom para a alma e para o planeta

Nesses tempos de reclusão, ansiedade e incertezas, nossa nova rotina tem exigido muitas adaptações difíceis. Mas existem algumas atividades que podem contribuir muito para aliviar o estresse e manter o equilíbrio emocional. Uma delas, que comprovadamente ajuda, é plantar e cultivar uma árvore.

Certamente, não é nenhuma novidade que o contato com a natureza está relacionado ao bem-estar e à saúde humana. Vários estudos científicos têm demonstrado os efeitos positivos da exposição ao verde.

Os benefícios mais frequentes incluem redução do estresse, melhora na recuperação da cirurgia, redução de doenças vasculares, estímulo para a prática de atividades físicas, e maior produção de endorfinas, que produzem a sensação de felicidade.

Assim, as práticas de jardinagem, horticultura e floricultura são terapias ocupacionais muito populares. A interação pessoa/planta fornece naturalmente uma sensação de segurança, conforto e estabilidade. Muitas vezes até, de maneira muito mais rápida e estável do que as relações humanas…

Plantar uma árvore - 2

Deixar um legado

Porém, existe literalmente um coisa muito mais profunda na sensação de plantar uma árvore e acompanhar a evolução daquela planta. Conhece aquela famosa frase do poeta cubano sobre “as três coisas que cada pessoa deve fazer na vida: ter um filho, escrever um livro e plantar uma árvore”?

Plantar uma árvore é sem dúvida uma forma de deixar um legado positivo. O simples ato já proporciona uma sensação de continuidade, e também de recomeço. Cuidar da árvore e acompanhar seu crescimento é ainda mais gratificante.

Mais que tudo, plantar uma árvore é dar um presente às gerações futuras.

Seja qual for a razão, plantar uma árvore faz bem a quem planta e a quem desfruta dela, e o planeta agradece.

Mas atenção, esse não é um ato aleatório: é preciso um pouco de planejamento e critérios. A boa escolha do local, da época e do tipo de planta, por exemplo, são essenciais para que a coisa dê certo.

E na sequência, algumas técnicas também ajudam a garantir que o plantio – e o cultivo – sejam bem sucedidos.

Plantar uma árvore - 3

Então, se você se animar, aqui vai um roteirinho pra você considerar :

Escolha o melhor local

Claro que poucos têm o privilégio de ter um terreno próprio para plantar sua árvore, mas isso não é empecilho. Há muitos lugares onde se pode fazer isso. Só que, em primeiro lugar, você tem que ter certeza de isso é permitido no local que você identificou.

Se for numa praça ou parque público, ou numa rua, por exemplo, você vai precisar pedir autorização para a prefeitura, o que pode complicar um pouco. Também não plante num terreno baldio, porque se em algum momento o proprietário decidir construir lá, sua árvore provavelmente será arrancada…

Mas é possível, sim, plantar árvores em áreas públicas e privadas, basta seguir manual da Secretaria do Verde e Meio Ambiente (clique aqui).

Uma vez que você já sabe onde vai poder plantar, seja na sua propriedade ou na de alguém que cedeu o espaço para você, seja numa área publica, outro fator chave é considerar o lugar ideal desse terreno.

Plantar uma árvore não é como pendurar um quadro; é muito difícil (e caro) mover a planta se você descobrir mais tarde que não calculou bem onde colocá-la.

Dica importante:

Se você for plantar a árvore no seu jardim, lembre-se do seguinte:

  • Árvores pequenas (que vão atingir até no máximo 10 metros de altura), devem ficar  a pelo menos 6 metros de distância da fundação de casas e de redes de serviços públicos (gás, água, luz)
  • Árvores grandes, que atingem de 10 a 20 metros de altura) devem ficam a pelo menos 12 metros de distância das fundações e linhas de serviço
  • As espécies que crescem ainda mais alto têm que manter uma distância de pelo menos 15 metros

Plantar uma árvore - 4

Calcule o espaço de crescimento necessário

Quando as pessoas inexperientes se encantam com o prospecto de plantar árvores,  uma coisa em que poucas pensam é no espaço necessário para elas crescerem.

Plantar uma árvore - 5

Imagine que a má colocação pode resultar em raízes ou galhos que vão acabar virando um transtorno, obstruindo a vista e afetando estruturas, entradas de carro, calçadas, etc.

E mais um alerta: árvores dão sombra, então eventualmente podem acabar escurecendo áreas que antes eram bem iluminadas. Portanto, antes de plantar, procure saber a altura da árvore na maturidade, bem como a extensão da copa e o comprimento das raízes.

As árvores geralmente requerem mais espaço do que  gente pensa. Para se informar mais sobre o tipo de árvore que você escolheu e o quanto e como ela cresce, você pode consultar o portal da Embrapa (clique aqui), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária.

Plante na época certa

No Brasil, as melhores épocas para o plantio são logo depois do inverno, onde o clima é muito seco ou frio, ou no outono onde o clima é de ameno a quente. As  altas temperaturas do verão podem estressar as plantas novas, especialmente se não chover muito.

O importante é respeitar o ciclo biológico da espécie escolhida, e  dar  à planta o tempo para se estabelecer. Assim ela consegue desenvolver  um bom sistema radicular para garantir galhos fortes e folhagem exuberante, antes que o tempo quente chegue novamente no ano seguinte, ou que o inverno a prejudique.

Plantar uma árvore - 6

Cave um buraco grande

Primeiro, prepare um buraco de duas a três vezes mais largo que o torrão de terra em volta da raiz da árvore. Ele também deve ser profundo o suficiente para conter toda a raiz.

Você pode cavar um pouco mais nas bordas e deixar o centro um  pouquinho mais alto, assim a água não vai acumular embaixo do torrão.

Se o torrão estiver envolto em juta ou plástico, desembrulhe-o antes de pousa-lo no buraco, tomando cuidado para não  desmanchar muito o torrão de terra no manuseio.

Posicione bem  a planta: a base do caule deve ficar bem alinhada com o solo, sem afundar muito, nem deixar raízes expostas. Mantenha-a bem retinha. Você pode até amarrar uma estaca para segura-la na posição certa no começo.

Feche a cova com a terra removida, compactando com as mãos, até chegar à base do caule. Se a terra local for saudável, não é preciso acrescentar nada para fechar o buraco. Isso incentiva as raízes a se espalharem e se apegarem ao solo nativo naturalmente.

Plantar uma árvore - 7

Proteja o solo

Você sabe que a terra é um organismo vivo, que se movimenta e modifica o tempo todo. É essa vida que faz a planta crescer, florescer e produzir. Tudo de que um solo precisa para ser fértil são minerais, matéria orgânica e micro-organismos.

Portanto, esqueça (mesmo!) todos aqueles produtos químicos. Você só precisa de terra vegetal e adubo orgânico – pode ser cascas de banana, batata e de ovo (mas não use frutas cítricas, como laranja, limão e mexerica) e borra de café.

Você também pode usar esterco maduro (o fresco ainda não foi decomposto e pode queimar a planta), cinzas, carvão bio-ativado e até algas e escamas de peixe.

Proteger a terra com uma cobertura natural morta (folhas, palha, serragem, cascas secas) também vai ajudar a manter e distribuir a umidade e o calor de maneira uniforme.

Além disso, essas fibras também limitam o crescimento de ervas-daninhas a as infestações de insetos.

Plantar uma árvore - 8

Regue!

Regue bem a árvore logo após o plantio, e mantenha o solo ao redor úmido por várias semanas. Nesse ponto, as raízes já vão estar começado a se estender no solo ao redor, e você pode começar a reduzir gradualmente a frequência da irrigação.

Mais uma dica:

Evite as podas prematuras. Para as árvores novinhas, só remova galhos quebrados, mortos ou doentes. Caso contrário, deixe-os  tranquilos até depois da primeira estação de crescimento.

A fim de encontrar  mais informações e dicas para um estilo de vida saudável e equilibrado, fique ligado no Facebook e Instagram  da Koobi.

Acesse nosso site para saber mais sobre tudo que só a Koobi tem.

E peça Koobi Kombucha na nossa loja online, em versões individuais ou packs.

Leave a Reply

Your email address will not be published.