Já pensou em substituir seus alimentos de origem animal por outra dieta?

Já pensou em substituir seus alimentos de origem animal por outra dieta?

Substituir os alimentos de origem animal pelos feitos à base de plantas é uma tendência crescente. O veganismo está conquistando muita gente,  por questões de saúde, por princípios ou por simples prazer. Mas as substituições alimentares ainda deixam muita gente em dúvida. Nesses casos, o papel do nutricionista é ajudar a adaptar as tendências às necessidades de cada um, e a descobrir a melhor maneira de mudar os hábitos alimentares de seus pacientes com uma nova dieta.

Nesse 31 de agosto celebramos o Dia do Nutricionista. Por isso, convidamos uma especialista na área para orientar quem está interessado nessa mudança de ingredientes.  Valentina Slaviero  foca na a Nutrição Funcional, que rastreia os sintomas, sinais e características de cada paciente, e Holística, que promove uma alimentação que une o equilíbrio entre corpo e mente. Ela atende tanto no Espaço Fernanda Scheer, em São Paulo, quanto online. Valentina conversou com a equipe do The Optimum Post para esclarecer como substituir os alimentos em sua dieta, como faz com seus pacientes que buscam uma alimentação mais saudável.

Como re-educar o paladar?

dieta-1

A reeducação do paladar faz parte de uma tendência que ganha cada vez mais adeptos. Substituir os alimentos de origem animal pelos vegetais orgânicos já é parte da dieta dos veganos, mas é também uma recomendação nutricional para quem busca uma vida mais saudável, independente da idade.

Há quem tome a decisão de introduzir as substituições alimentares na vida dos filhos desde pequenos, e quem decida recondicionar seu paladar depois de adulto. Naturalmente, para quem já está acostumado ao veganismo, essa ideia de “troca” é mais simples. Mas  ela é bem mais difícil para quem está começando. Assim, o nutricionista ajuda a identificar as tendências e necessidades de cada organismo, adequando suas orientações à realidade de cada um e entendendo quais substituições trarão mais qualidade de vida para ao paciente.

Para quem se preocupa se as diferenças no gosto dos produtos feitos com vegetais são muito perceptíveis e podem alterar o prazer de comer, a verdade é que isso varia de pessoa para pessoa. Um grande apreciador de queijos fortes, por exemplo, vai provavelmente ter dificuldade em se satisfazer com um queijo de leite vegetal.  Mas a questão não é comparar. É desenvolver novos gostos.

Que benefícios as substituições alimentares podem trazer para a saúde?

dieta-2

O excesso de gordura de origem animal “acidifica” o  organismo. Isso promove alteração da flora intestinal, aumentando a colônia de bactérias ruins. A parede do intestino fica mais permeável, o que acaba favorecendo as inflamações e abrindo as portas para várias doenças. Além disso, esse tipo de dieta aumenta a resistência à insulina, prejudicando quem é diabético, e contribuindo para o ganho de peso!

Já dietas à base de plantas (plant based, em inglês), principalmente as que incluem produtos probióticos como picles e outras conservas de legumes, promovem o equilíbrio da flora, de forma que você é mais capaz de absorver os nutrientes dos alimentos que sustentam seu sistema imunológico e reduzem as inflamações. Mais que isso: elas elevam o nível de energia física e  ajudam a prevenir doenças cardíacas, certos tipos de câncer, diabetes e obesidade.

A alimentação à base de plantas também torna consideravelmente mais fácil o consumo diário recomendado de fibras. As fibras podem reduzir o colesterol e estabilizar o açúcar no sangue.

Mas afinal, o que pode ser substituído no cardápio? Para facilitar a vida de quem está pesquisando sobre as substituições alimentares, Valentina fez uma lista de sugestões em seu Instagram:

dieta-1
Crédito: Valentina Slaviero / Instagram

Muita gente que não é vegana considera ovos e leite de vaca como alimentos indispensáveis para a saúde humana. Porém, isso não é bem verdade. A dieta plant based (que é  expressão usada atualmente) tem tudo de que o corpo necessita para funcionar bem.

O ser humano precisa dos elementos presentes em certos alimentos de origem animal, não da parte “animal” do alimento. Produtos como brócolis, couve, espinafre, sementes de abóbora, gergelim e girassol, leites vegetais, tofu, feijão, lentilha, grão-de-bico, aveia e quinoa são ricos em cálcio, zinco, proteínas e ferro. Por isso substituem perfeitamente os ovos e o leite presentes na dieta, por exemplo.

Qual a melhor forma de começar a substituir alimentos?

Estar aberto a experimentar novos sabores e prestar atenção a como o corpo reage ao consumo de alimentos de origem vegetal é o primeiro passo.  Mas é importante contar com a ajuda de um profissional especializado. Ele vai identificar suas particularidades (como alergias alimentares) e montar um cardápio focado no seu objetivo.

Falando em alergias, os alimentos substitutivos também podem desencadear reações adversas em algumas pessoas. Mas a natureza é tão diversa que oferece muitas opções para qualquer substituição alimentar. No caso das castanhas e nozes, por exemplo, é possível substituí-las por sementes de abóbora, girassol, linhaça, gergelim e chia. Por isso, mais uma vez, é essencial contar com o apoio do nutricionista.

Alguns alimentos não tornam a dieta vegana mais calórica?

dieta-4

É verdade que castanhas, nozes e leite de coco tornam a dieta mais calórica. Entretanto, a nutrição funcional não se baseia na quantidade calórica, e sim na qualidade do alimento e o que ele traz de bom para o organismo. Assim, ter uma alimentação balanceada e benéfica para a saúde depende muito mais da variedade de alimentos consumidos do que do seu teor calórico.

Vale a pena para o bolso substituir os alimentos?

Investir na melhora da saúde e da qualidade de vida sempre traz vantagens. Mas, para quem está interessado em saber sobre os custos de uma dieta vegana, é preciso reforçar a importância do planejamento.

Exercitar a criatividade na cozinha, optar por comprar em sacolões e apoiar produtores locais de alimentos orgânicos, e por que não, ter a sua própria pequena horta orgânica, certamente ajuda a reduzir os gastos com esse novo cardápio.

Menu vegano para o brunch do fim de semana

Então por que não experimentar? Aproveite o fim de semana e teste essas receitas que Valentina sugere para incrementar  o seu brunch, por exemplo, e lembre-se de acrescentar um xícara de Capuccino com leite vegetal!

Avocado Toast (torrada de abacate)

dieta-5

Ingredientes:

4 fatias de pão caseiro
1 abacate
2 colheres de sopa de suco de limão
1 colher de sopa de azeite de oliva
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto
Cebolinha picada a gosto
Pimenta calabresa a gosto

Modo de preparo:

Torre as fatias de pão no forno ou torradeira. A seguir, numa tigela adicione o abacate e o suco de limão e misture-os amassando com o garfo Então, distribua a mistura do abacate amassado entre as torradas e tempere com sal, pimenta e cebolinha a gosto. Sirva imediatamente.

Hummus de Vegetais

dieta-6
Ingredientes

1 1/2 xícaras de cenoura, cortada em pedaços pequenos
1/2 xícara de batata doce, descascada e cortada em pedaços pequenos
1 cebola cortada
4 dentes de alho com casca
4 colheres de sopa de azeite
1/4 xícara de pasta tahine (pasta de gergelim)
1 xícara bem cheia de grão-de-bico cozido, sem a água
1/2 colher de chá de sal
raspas e suco de um limão

Modo de preparo:

Pré-aqueça o forno a 200 graus. Misture as cenouras, a batata-doce, a cebola e os dentes de alho com 1 colher de sopa de azeite e espalhe-os em uma assadeira forrada com papel manteiga.
Então, asse por 25 a 30 minutos ou até que os vegetais estejam macios quando perfurados com um garfo.
Retire do forno e deixe esfriar.Em uma tigela pequena, misture as 3 colheres de sopa restantes de azeite e tahine. Reserve. Descasque o alho e coloque todos os vegetais na tigela do processador de alimentos. Acrescente o grão de bico e processe até ficar encorpado.
Adicione o suco de limão e as raspas e processe novamente. Com o processador ligado, regue os vegetais com a mistura de tahine. Desligue o processador quando a mistura ficar homogênea e cremosa
Nota: O hummus pode ser conservado bem na geladeira em um recipiente hermético por até 5 dias.

Cogumelos refogados:

Ingredientes

Uma barqueta de cogumelos limpos e cortados ao meio
1/3 de cebola fatiada
1/3 de pimentão fatiado
2 dentes de alho grandes e fatiados
Cebolinha fatiada a gosto
1 e meia colher (sopa) de azeite
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

Esquente o azeite.
Em seguida, acrescente o alho e frite um pouco, junte a cebola e refogue até ela ficar transparente. Acrescente o pimentão, e quando amolecer um pouco, junte os cogumelos, misturando bem.
Logo após, adicione sal e pimenta.
Mexa de vez em quando até os cogumelos ficarem dourados por cerca de 5 minutos.
Por fim, adicione a cebolinha.

Tofu mexido com cúrcuma- receita de Bela Gil

dieta-7

Ingredientes

1 tofu (250 gramas) firme
1 colher (sopa) de manteiga vegana (ghee)
3 dentes de alho
½ cebola
1-2 colheres de chá de curcuma (tempero conhecido também como açafrão-da-terra)
1 pitada de cominho
1 pitada de orégano
Gotinhas de limão
Sal marinho à gosto

Modo de Preparo

Pressione o tofu com uma toalha limpa para absorver o excesso de água.
Corte a cebola em pequenos pedaços.
Aqueça o ghee em uma frigideira media em fogo médio.
Adicione a cebola e o alho e refogue por dois minutos.
Acrescente o resto dos temperos e refogue mais alguns segundos.
Amasse o tofu com um garfo e adicione à frigideira.
Mexa bem.
Ajuste o sal e finalize com gotas de limão.

Suco verde detox

Ingredientes:

1 folha grande de couve
1 limão
1 maçã
1/2 pepino
Gengibre a gosto
Hortelã a gosto
1 colher de sopa de linhaça
1 colher de sopa de mel
250 ml de água

Modo de preparo:

Junte todos os ingredientes lavados (com as cascas) no liquidificador. Então, bata e sirva imediatamente para que não se percam as vitaminas. Nesse caso, coar é opcional.

Nota: Tome de preferência pela manhã em jejum para que seu corpo comece o dia com saúde!

 

Para mais dicas de alimentação saudável, fique ligado no Facebook e Instagram  da Koobi.

Acesse nosso site para saber mais sobre o que a Koobi pode fazer por quem está à procura de um estilo de vida mais saudável.

E peça a Koobi Kombucha pela loja online, em versões individuais ou packs.

Leave a Reply

Your email address will not be published.