Como lidar com tantas mudanças a toda hora?

Como lidar com tantas mudanças a toda hora?

Nos últimos meses, tentar fazer planos tem sido um exercício de adivinhação e, muitas vezes, perda de tempo. Viagens, novos negócios, casamentos, eventos, mudanças, tudo está suspenso ou no banho-maria. Ninguém sabe o que vai acontecer na próxima semana, e ainda menos no próximo mês… Planejar qualquer coisa com mais de oito dias de antecedência parece inútil, e é difícil lidar com tantas mudanças súbitas.

Será que vem um novo pico de coronavírus? Uma nova quarentena? Um dia a economia está reabrindo, no outro pode fechar de novo. A volta às aulas acontece ou não acontece? E as preocupações com a saúde e estabilidade financeira tornam essa indefinição ainda mais estressante.

No entanto, saber como reagir quando seus planos vão por água abaixo é essencial para recalibrar o emocional. Felizmente há estratégias que ajudam a reorientar a direção da nossa vida quando as coisas parecem estar vindo sempre na contramão. Para quem lê em inglês, tem um livro bacana do psicólogo americano Nick Tasler  chamado Ricochet: What To Do When Change Happens To You, ou Ricochete: O que fazer quando as mudanças te afetam. Pena que ainda não foi traduzido em português, mas nossa lista abaixo também é boa!

mudança de planos - 2
Crédito: Nick Fewings

Programar-se para o inesperado

Quando alguma coisa dá errado, é fácil entrar num modo de decepção ou até de pânico. Uma das coisas mais difíceis psicologicamente é lidar com mudanças radicais na nossa rotina que acontecem contra a nossa vontade.

Todo nós estamos habituados a uma certa maneira de conduzir o nosso dia-a-dia, e de repente, é preciso mudar toda essa estrutura mental para nos acondicionar a novos hábitos.

Então, para não entramos numa espiral de ansiedade constante, a primeira coisa que nós temos que fazer é nos programar emocionalmente pra mudar de marcha a cada imprevisto.

Afinal, é como pegar a estrada: embora a gente conheça a rota e saiba aonde quer ir, é preciso estar sempre pronto para desviar, frear, reduzir, ultrapassar.

Assim, nesse “novo normal”, vamos treinar a mente para saber lidar com calma e segurança com os eventos inesperados, como fazemos quando aprendemos a dirigir. Podemos chegar atrasados, ou mesmo mudar o destino final durante a viagem, mas estamos no comando daquilo que podemos controlar, que é a nossa reação.

Tirar vantagem do “aqui agora”

mudança de planos - 3

A incerteza e as indefinições são super desgastantes. Tudo aquilo que foi adiado, os objetivos que não foram alcançados, o medo de um futuro que não foi calculado causam depressão e ansiedade. Mas isso é se angustiar ou se frustrar com o que ainda vai ou não vai acontecer. E se em vez de focar tanto nas mudanças do futuro, a gente tentar aproveitar mais o que está ao nosso alcance agora?

A sociedade contemporânea é extremamente apressada, e os indivíduos se definem por suas conquistas e realizações. Mas uma das coisas que essa pandemia tem revolucionado é a gestão das nossas prioridades.

O curso, o investimento, a mudança para o exterior não saíram. Mas isso pelo menos significa mais tempo para se preparar, para reavaliar opções, para aprender mais. Para curtir mais as pessoas com quem convivemos. Para cuidar mais de nós mesmos e do ambiente em que nós vivemos.

Dessa forma, agora é um bom momento para redirigir o nosso foco para aquilo que podemos fazer de útil, de construtivo e de agradável enquanto não podemos realizar todas as nossas ambições para o futuro. É um momento para reabastecer, e para se fortalecer. A gente precisa disso para encarar todas essas mudanças e lidar bem com elas!

Realizar pequenos projetos do começo ao fim

mudança de planos - 4
Crédito: Glenn Carstens Peters

Contudo, uma desvantagem em ter mais tempo. É que temos tendência a ir deixando as coisas pra depois. E embora isso pareça mais fácil, essa protelação no final pode acabar causando uma sensação de omissão e de falha.

Por isso, mais que nunca agora é importante concluir cada pequenino projeto, por mais insignificante que sejam as tarefas. Escrever aquele texto que está há tanto tempo para ser escrito, resolver os consertos que até hoje não foram feitos, e todas as diversas missõezinhas que nos damos e concluímos são pequenas vitórias que vamos colecionando. É incrível como elas nos motivam e nos energizam.

Todas essas “programações” vão nos ajudando a fortalecer nosso estado mental, e nos preparando para enfrentar os desafios maiores e mais significativos, à medida que as possibilidades vão permitindo. O importante é achar propósito no momento que vivemos, e não ficar no limbo da incerteza e da insegurança.

Quando o estresse é maior que a determinação

Porém, uma coisa tem que ficar sempre bem clara. Por mais forte e resiliente que uma pessoa seja, nem tudo depende dela. Buscar ajuda para enfrentar as dificuldades é uma atitude que demonstra coragem também.

Certamente, amigos e familiares podem ser fonte de grande apoio. Apesar disso, certas vezes uma orientação profissional pode evitar que a contrariedade e as tribulações de muitas mudanças gerem uma aflição mais aguda. É bom ter isso em mente.

Alimentação saudável

Quando as mudanças acontecem, dá mais vontade de ingerir carboidratos – pão, bolos, bolachas, etc. Muito provavelmente porque comer carboidratos aumenta a serotonina. Ela é  um neurotransmissor que atua no cérebro  e está associada ao equilíbrio emocional. A serotonina diminui nos momentos de estresse.

Entretanto, existem outros alimentos como a banana, o salmão, as nozes e os ovos, que são ricos em triptofano. Esse é um aminoácido essencial ao organismo, que tem a função de produzir serotonina. Esses substitutos dão a mesma sensação de satisfação, e são mais saudáveis.

Atividades físicas

Embora pareça muito repetitivo, é verdade: a boa alimentação e atividades físicas adaptadas são mesmo remédio para muita coisa. E ajudam a combater o estresse, a frustração, a contrariedade, a ansiedade e a depressão.

Portanto, principalmente nesses tempos incertos, vale a pena adicionar os exercícios à rotina. E nem é preciso gastar de praticá-los. Apenas sair de casa e se movimentar regularmente já faz diferença. A motivação e a energia entram em ação quando a gente está ativo!

A fim de encontrar  mais informações e dicas para um estilo de vida saudável e equilibrado, fique ligado no Facebook e Instagram  da Koobi.

Acesse nosso site para saber mais sobre tudo que só a Koobi tem.

E peça Koobi Kombucha na nossa loja online, em versões individuais ou packs.

Leave a Reply

Your email address will not be published.